Yzakiu’s Blog

experimentos, ensaios, software livre, cultura, sociedade, tech

Você Conhece a Plataforma Corais?

 

A plataforma Corais é de grande ajuda na gestão de projetos colaborativos e seu funcionamento é baseado nos princípios da autogestão. Não há uma figura central para tocar os projetos, ele são tocados por [email protected]

Conheci a plataforma em 2012 durante a formação de uma Produtora Cultural Colaborativa chamada Recife+Art. A oficina era conduzida por Jatobá, um dos desenvolvedores do Corais.

Corais

Após um tímido uso, fui colocando alguns projetos nos quais estou envolvido. A experiência tem sido bastante interessante. Compartilho algumas:

TearAudiovisual

Apresentei a ferramenta ao Coletivo Tear no ano passado. Desde então, grande parte dos processos de tomadas de decisão, construção de materiais e documentação é feito através da plataforma. O Tear é um coletivo de audiovisual que trabalha colaborativamente.

CMTL

O Coletivo Marista de Tecnologias Livres é um grupo de [email protected] do CMCJ/CRC Recife que pesquisa/desenvolve tecnologias livres. O uso do Corais surgiu no período 2014.1 servindo basicamente para tomadas de decisão e documentação.

OXE Hacklab

O OXE é um espaço hacker de pesquisa e apropriação crítica de tecnologia que funciona em parceria com a Colaborativa.PE. Atualmente a gestão e documentação do OXE são feitas no Corais.

EXPOTEC

A IV Exposição de Tecnologias do CMCJ Recife foi organizada no Corais. Tomadas de decisão, textos colaborativos, identidade visual e etc foram elaborados através da ferramenta.

O Corais oferece uma gama de ferramentas:

  • Texto colaborativo (algo na linha do googledocs);
  • Blog;
  • Calendário;
  • Gerenciamento de Tarefas e Etapas;
  • Sugestões;
  • Votações;
  • Questionários;
  • Galeria de Imagens;
  • Mapas Mentais.

Além de ferramentas para Ecosol, como moedas sociais.

Com este post eu procurei ser bem sucinto, pois a Comunidade do Corais elaborou um livro sobre a plataforma. Além de informações de aplicações e uso, há também discussões sobre alternativas de produção, economia solidária, entre outras coisas. O livro foi elaborado dentro do próprio Corais, escrito por várias mãos, inclusive pela minha. Você pode baixá-lo aqui.